Header Ads

Dudu e Jailson detonam: "Passaram a mão de novo na gente aqui"


O clima entre os jogadores do Palmeiras após a derrota por 2 a 0 para o Corinthians em Itaquera, na tarde deste sábado, pela nona rodada do Campeonato Paulista, era de pura revolta. Jogadores como Jailson e Dudu deram pesadas declarações contra a atuação do time de arbitragem, comandado por Raphael Claus.


O maior motivo da reclamação foi o primeiro pênalti a favor do Corinthians, aos 15 minutos do primeiro tempo. Na ocasião, Jailson se choca com Renê Júnior, e a jogada segue por mais de dez segundos até Claus decidir pela marcação do pênalti – o árbitro deu entrevista depois para dar sua versão sobre o ocorrido


– Sei que posso ser punido, mas passaram a mão de novo aqui dentro, todo jogo é assim! Vou ser punido, mas tenho de falar: passaram a mão de novo na gente – disse Jailson.


– Aqui não tem como jogar, na dúvida é Corinthians. Depois de um minuto e meio ele deu pênalti! Tem explicação? Ele que deu o pênalti? Aqui é muito difícil – disse Dudu, ainda na saída do gramado.

Durante a reclamação pelo pênalti, Dudu chegou a tentar tirar o time do Palmeiras de campo. Acabou sendo convencido a ficar. Jadson bateu o pênalti e mandou pra fora. Vinte minutos depois, houve novo pênalti, desta vez do próprio Dudu em Rodriguinho. Clayson bateu e marcou o segundo gol do Corinthians.


Sobre o momento em que falou para os colegas de time saíram de campo, Dudu explicou depois:


– Cara, ficamos revoltados, chateados, de cabeça quente na hora, porque a maioria das coisas aqui na dúvida dão para o Corinthians. Não somos nós que falamos isso, outros que vêm jogar aqui (também falam).




Jailson, porém, era o mais revoltado:


– Eu defendi a bola, o lance seguiu. Depois o Henrique, se não me engano, dominou a bola e chutou para fora. Aí ele deu o pênalti. Ele chegou em mim e falou: "Jailson, você viu o buraco na perna do Renê?" Eu falei que não vi nada. Aí ele deu o pênalti por causa disso, não sei qual critério ele usou – disse o goleiro, que perdeu uma sequência de 29 jogos de invencibilidade.


– O lance seguiu pra caramba... Não sei qual foi o critério dele. Eu não sei quem deu. Quem tem o apito na boca é ele. Quem tem de mandar no jogo é ele. Na minha humilde visão, o lance seguiu e ele deu o pênalti em um lance nada a ver – completou.

Fernando Prass, que substituiu Jailson após a expulsão, disse que não iria polemizar em cima das declarações dos colegas de time, mas reforçou a reclamação:


– Não vou entrar nessa teoria e de coisas subjetivas que não vao levar a nada. Posso falar do pênalti e da expulsão. Vocês viram que não deu pênalti, ele mesmo falou, o Corinthians teve chances de chutar, ele deu tiro de meta, olhou a perna do jogador do Corinthins e deu pênalti. Mas isso não é critério. Se não tivesse machucado não teria dado. Por que expulsou? Perguntamos. Por que foi força desproporcional, mas fica incoerente, como viu que foi força desproporcional se não viu o lance?





























Jailson desabafa: "Mais uma vez, fomos garfados aqui dentro"


O diretor de futebol Alexandre Mattos também reclamou da marcação do primeiro pênalti:


– O lance acho que foi confuso inclusive para vocês. A bola foi para um lado, foi para o outro. "Ah, mas foi pênalti porque a perna do cara"... Jogo tem contato. Muito claro que ele chuta em direção ao gol, há a defesa e há um contato posterior.
Dudu e Jailson detonam: "Passaram a mão de novo na gente aqui" Dudu e Jailson detonam: "Passaram a mão de novo na gente aqui" Reviewed by alorondonia on fevereiro 26, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent