Header Ads

Projeto da prefeitura capacita e planeja polos de confecções


Agenda oferece capacitação gratuita e incentiva meios de produção com visão de mercado

Construindo alternativas de desenvolvimento socioeconômico sustentável para excluídos do mercado formal de trabalho e considerados em situação de vulnerabilidade social, a prefeitura de Porto Velho apresentou na manhã Desta segunda-feira (19), no salão Santo Inácio, no bairro Caladinho, na zona sul, o Projeto de Geração de Emprego para comunidades excluídas da cidade.

Realizado pela Semdestur (Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho), o projeto capacitará, durante 60 dias, homens e mulheres nas atividades de panificação e doces e salgados e, em 90 dias, em corte e costura, com a perspectiva de se montar uma cooperativa ou associação e, a partir dela, criar polos de confecções nas zonas Leste e Sul de Porto Velho.

Tanto numa região como na outra, o perfil dos participantes é o mesmo: desempregados, eventualmente sem capacitação e dependentes da renda do cônjuge não superior a R$ 500. Os cursos, lançados no salão Santo Inácio, da igreja Santa Luzia, no bairro Caladinho, capacitarão 300 pessoas a partir de segunda-feira (26), das 8h às 12h e das 14h às 17h, à rua Tancredo Neves, 3363.

O secretário Júlio César Siqueira (Semdestur) informou que, a partir dessas agendas, a gestão do prefeito dr Hildon Chaves abrirá a agenda para comunidades do conjunto Orgulho do Madeira, Nova Esperança, Caladinho e Setor Chacareiro da zona Leste, contribuindo para a inclusão produtiva, elevação da autoestima e melhorar as condições de vida de cada um.

Todos terão, pelo programa, capacitação gratuita certificada e reconhecida em confecção de bonecos de pano, corte e costura, gestão empreendedora, comercialização, correção e adubação de solo, uso racional de defensivos agrícolas, manejo de sistema de irrigação, panificação, confeitaria e salgados. “Ao final da capacitação, o que for produzido no aprendizado gerará renda”, informa Júlio César.

Além do secretário, também destacaram a importância do programa o diretor do Sine municipal, Euzébio Lopes, os vereadores Cristiane Lopes, Da Silva do Sintrar e Junior Cavalcante, além do deputado federal Lindomar Garçon. Ele anunciou que trabalha para a liberação, em Brasília, de recursos da ordem de R$ 2 milhões para serem aplicados no projeto.

O secretário Júlio César considera o projeto importante para a inclusão social e produtiva de excluídos, por meio de resultados práticos. “Esse é um projeto de governo, a mim confiado pelo prefeito dr Hildon. Faço questão de destacar o apoio dos vereadores nessa luta de capacitar, gerar qualificação, renda, participação no mercado, além da proposta de se abrirem, futuramente, dois importantes polos de confecções em Porto Velho”.

Fonte: Semdestur
Projeto da prefeitura capacita e planeja polos de confecções Projeto da prefeitura capacita e planeja polos de confecções Reviewed by alorondonia on fevereiro 19, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent