Header Ads

Cassada pelo TSE, prefeita de Vilhena paga 13º dos servidores em abril



A prefeita de Vilhena Rosani Donadon, que teve o mandato cassado na semana passada pelo Tribunal Superior Eleitoral por abuso de poder econômico e político, resolveu inovar nos últimos dias de sua gestão e pagou o salário do mês e o 13º dos servidores municipais, antecipando em 8 meses o pagamento.



A manobra pode ser vista como uma forma de favorecer a candidatura de outro membro do clã Donadon, que deve disputar as eleições suplementares no município, que devem acontecer nas próximas semanas. Rosani não poderá participar porque ela foi a causa da nulidade do processo eleitoral, portando sofre a penalidade, mas cogita-se que Raquel Donadon, cunhada de Rosani, seja a candidata.



Além disso, o pagamento é contra a lei, que prevê a antecipação de 50% em junho ou julho e o restante em 20 de dezembro. A manobra tem viés puramente eleitoreiro e fere a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).


O anúncio do pagamento foi feito pela própria Rosani Donadon em sua página no Facebook e recebeu elogios dos servidores, que vão passar o natal desse ano endividados e sem ter de onde tirar dinheiro para as contas.



O Ministério Público ainda não se manifestou sobre o ocorrido.



Cassação do mandato



A prefeita Rosani Donadon teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral na última quinta-feira, 12, na sessão da Corte, por estar inelegível devido a uma condenação nas eleições de 2008, por abuso de poder econômico e político. Ela concorreu com uma liminar concedida pelo Tribunal Regional Eleitoral.
Cassada pelo TSE, prefeita de Vilhena paga 13º dos servidores em abril Cassada pelo TSE, prefeita de Vilhena paga 13º dos servidores em abril Reviewed by Edivaldo Fogaça on abril 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent