Header Ads

Palmeiras aumenta material contra FPF e vai pedir impugnação do Dérbi



Enquanto Roger Machado e os jogadores do Palmeiras se preparam em Buenos Aires para a Libertadores, os advogados do clube continuam trabalhando nos bastidores, em São Paulo, para tentar comprovar que a arbitragem do Dérbi sofreu interferência externa no segundo jogo da final do Campeonato Paulista.


Mesmo depois de o procurador Marcelo Monteiro determinar na segunda-feira o arquivamento do inquérito, o clube vai entrar com o pedido de impugnação da partida no TJD-SP.


Após contratar a Kroll para investigar o caso, o Palmeiras viu seu material contra a Federação Paulista de Futebol aumentar. O relatório da empresa, entregue ao clube na segunda, não tinha sido anexado ao inquérito.


O clube reuniu mais fotos e vídeos que mostram a atuação de Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem da FPF, Marcio Verri Brandão, membro da comissão de arbitragem da entidade, José Henrique de Carvalho, tutor de arbitragem, e do quinteto de arbitragem durante o período que vai da marcação do pênalti de Ralf em Dudu até a anulação da jogada, no segundo tempo da final.


Na imagem abaixo, que consta do relatório da Kroll, aparecem Marcio Verri Brandão e José Henrique de Carvalho conversando após a marcação do pênalti (circulados em amarelo). Além deles, Dionísio Roberto Domingos também estaria à beira do campo da arena, segundo informou um fonte ligada ao Palmeiras (indicado pela seta amarela).



Imagem do relatório da Kroll – os destaques em amarelo são do GloboEsporte.com (Foto: Reprodução)


Segundo o relatório da Kroll, Marcio Verri Brandão, da comissão de arbitragem da FPF, estaria guardando um celular no bolso – objeto não permitido na beira do gramado – enquanto falava com José Henrique de Carvalho, tutor da arbitragem – veja destaque abaixo:




Imagem do relatório da Kroll – o destaques em amarelo é do GloboEsporte.com (Foto: Reprodução)


Sobre a presenção do diretor de arbitragem Dionísio Roberto Domingos à beira do campo, perto de Marcio Verri Brandão, o Palmeiras vê uma contradição. Na sessão de depoimentos colhidos no último dia 17, no TJD, o clube chegou a perguntar se Domingos tinha tido contato com Brandão, ao que o diretor respondeu que eles estava em níveis diferentes da arena.


+ CLIQUE AQUI e leia mais sobre o Palmeiras


Rompido com FPF, o Palmeiras tem até a próxima quarta-feira para entrar com pedido da impugnação da partida no TJD. A expectativa no clube é de que agora, com imagens de Verri portando o que seria um celular e do médico do Corinthians com um suposto ponto eletrônico, o relatório da empresa seja analisado.


A procuradoria do TJD afirmou que uma outra investigação pode ser iniciada caso novas provas sejam apresentadas. Em sua decisão, não citou o uso de aparelhos eletrônicos em campo por membros da arbitragem, mesmo com as imagens brutas anexadas pelos palmeirenses ao processo.


Mesmo se a procuradoria não apresentar denúncia, o Palmeiras, como parte legal do processo, tem o direito de solicitar a impugnação da partida no Tribunal de Justiça Desportiva, que poderá analisar e julgar o caso no pleno, com recursos possíveis no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e no CAS (Corte Arbitral do Esporte).



Na Argentina, o time alviverde treina no fim da tarde desta terça-feira na Bombonera, palco da partida de quarta contra o Boca Juniors, às 21h45 (horário de Brasília), pela quarta rodada do Grupo 8 da Libertadores.






Por Felipe Zito, São Paulo/ GLOBO ESPORTE 
Palmeiras aumenta material contra FPF e vai pedir impugnação do Dérbi Palmeiras aumenta material contra FPF e vai pedir impugnação do Dérbi Reviewed by Edivaldo Fogaça on abril 24, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent