Header Ads

Prefeitura diz que agente de trânsito que se envolveu em apreensão de veículo estava afastado há mais de 30 dias



O caso envolvendo o trabalhador André Marques da Silva, 34 anos, que em um ato de desespero destruiu seu veículo Corsa, após abordagem realizada por agentes da Secretaria de Trânsito (Semtran) ainda repercute. Na noite desta quinta-feira, a Prefeitura da Capital informou que o agente condutor da ocorrência policial, Elcione José Sales estava afastado das funções há mais de 30 dias. Ele agiu, portanto, de forma ilegal, mesmo estando fardado. Ainda de acordo com a nota, o servidor responde a processos administrativos. O RONDONIAGORA apurou que ele também tem problemas com a Justiça e casos de agressões.

Na Central de Flagrantes, o trabalhador André Marques disse que foi abordado pela equipe da Semtran porque tem briga antiga com Elcione Sales. “Ele me deve e me agrediu certa vez”, afirmou. André explica que um veículo com os agentes da Semtran estava na esquina de sua casa, no Bairro Cohab e quando se preparava para ir trabalhar, levando várias ferramentas, os agentes chegaram exigindo documentos. André se desesperou e destruiu o próprio veículo.

A confusão apenas iniciava. Parentes do trabalhador que tentaram ajuda-lo foram presos e permaneceram na Central de Flagrantes por mais de 12 horas. O próprio André Marques foi acusado pelos agentes de tentativa de homicídio, mas o flagrante não foi confirmado pelo delegado. Seus parentes acabaram soltos sem nenhuma acusação.


Apesar de esclarecer a atuação ilegal de Elcione Sales, a Prefeitura não se manifestou sobre o outro agente, Fábio da Silva Gomes, que apareceu como vítima. Os dois estavam juntos no momento da abordagem.

Nota Pública Prefeitura de Porto Velho


A Prefeitura de Porto Velho, por meio do secretário Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes, Carlos Henrique da Costa, lamenta o episódio de abusos, acusações, agressões físicas e verbais envolvendo um servidor público da Semtran, uma família e um advogado portovelhenses no início da noite desta quinta-feira,10.

Informamos a todos que o agente municipal de trânsito, Sr. Elcione José Sales, envolvido no episódio, está há mais de trinta dias (30 dias) fora das escalas de serviço de fiscalização de trânsito, e que o mesmo já responde a processo administrativo por atos cometidos anteriores ao ano de 2017 - fatos esses reportados à Procuradoria Geral do Município (PGM), que é a responsável pela sindicância dos servidores públicos municipais.

Ressaltamos que, como já foi mencionado anteriormente, o referido agente municipal não estava nas escalas de serviços de fiscalização de trânsito no momento do ocorrido. Enfatizamos ainda que a secretaria aguarda os trâmites legais do processo administrativo que se encontra na PGM, não podendo dispensar o servidor do cargo público sem que haja embasamento legal.

Reiteramos o compromisso com a lei e a ordem e ressaltamos que iremos instaurar imediatamente o procedimento administrativo apuratório em decorrência dos atos públicos ocorrido na data de hoje relacionados ao fato envolvendo o agente municipal de trânsito - Elcione José Sales.

Carlos Henrique da Costa
Secretário Municipal de Trânsito Mobilidade e Transporte
Prefeitura diz que agente de trânsito que se envolveu em apreensão de veículo estava afastado há mais de 30 dias Prefeitura diz que agente de trânsito que se envolveu em apreensão de veículo estava afastado há mais de 30 dias Reviewed by Edivaldo Fogaça on maio 11, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent