Header Ads

À procura de votos, políticos se convertem ao evangelho e comem até quibe na rua



À procura de votos, os políticos se transformam em entidades espirituais ou mergulham numa simplicidade que é vista apenas a cada dois anos.

Jorge Viana, do PT, que há um ano exibia com orgulho seu estilo fitness nas redes sociais, parece ter deixado definitivamente a vida saudável. O senador, agora, come quibe e toma suco na rua, embora tenha preferência por refrigerante.

A aparente simplicidade do ex-governador talvez seja motivada por seus colegas de chapa, os petistas Marcus Viana, o cara do cafezinho, e Ney Amorim, este último, aliás, que orou, cantou e foi consagrado durante intercessão na Igreja do Evangelho Quadrangular do Xavier Maia, na última última quarta-feira, por um grupo de pastores da instituição religiosa.

Na sexta-feira, 13, foi a vez de Gladson Cameli, pré-candidato do Progressistas, se converter ao evangelho, só que assembleiano. Cameli, acompanhado de outros “obreiros” da oposição, foi ao congresso unificado da Assembleia de Deus, no Ginásio do Sesi, e recebeu as bênçãos pastorais. Um dia antes, Cameli dançara forró com as idosas no Senadinho.








FONTE: Luciano Tavares, da redação ac24horas
À procura de votos, políticos se convertem ao evangelho e comem até quibe na rua À procura de votos, políticos se convertem ao evangelho e comem até quibe na rua Reviewed by Voz de Rondônia on julho 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent