Header Ads

Deputado eleito Chrisóstomo diz que Confúcio não vai “apitar” nada no Governo de Marcos Rocha


Fonte: RondoNoticias

Porto Velho, RO -
Em entrevista ao apresentador Fábio Camilo no programa Informa na Hora, da Rádio Cultura 107,9, às 12 horas desta terça-feira (30), com participação do jornalista e advogado Arimar Souza de Sá; o deputado federal eleito pelo PSL, engenheiro João Chrisóstomo de Moura (coronel Chrisóstomo/PSL), falou com exclusividade sobre as ações do próximo Governo do Estado, agradeceu votos, e resultado das eleições.

“Quero agradecer toda a população pelos 28.344 votos confiados em mim em todo o estado. Farei de tudo para honrar cada um deles”, afirmou, ao iniciar a entrevista.

Ao ser sabatinado pelos dois comunicadores, o parlamentar eleito deu a entender que será ele quem dará as cartas o Governo, e que é o homem de confiança em Rondônia do presidente eleito pelo mesmo partido dele, Jair Bolsonaro. “Sou da trincheira do Bolsonaro, no Parlamento Federal, serei da Bancada do Fuzil”, voltou a reafirmar.

Questionado sobre os nomes dos secretários da Gestão do próximo governador eleito Marcos Rocha, também do PSL, o coronel Chrisóstomo foi enfático: “sugeri ao nosso futuro governador, que a escolha siga o critério da meritocracia. Sabemos que existem muitos técnicos competentes no atual Governo, de alto nível, mas sabemos também que outros nomes poderão ser consultados”, afirmou.

Sobre a polêmica de que o ex-governador e senador eleito pelo MDB Confúcio Moura estaria “apitando” na campanha de Marcos Rocha, o deputado federal eleito do PSL esbravejou: “não admito que o ex-governador interfira em nosso Governo. Nem eu, nem o nosso deputado estadual eleito sargento Eyder Brasil aceitaremos qualquer indicação vinda dele”.

No decorrer do programa foi levantada outra polêmica, desta vez, sobre o entrevero entre o empresário Jaime Bagatolli, que também faz parte da diretoria do PSL no estado, com o governador eleito Marcos Rocha ainda no decorrer da Campanha.

Em relação ao assunto, o futuro deputado federal Chrisóstomo confirmou que de fato, houve um desentendimento entre os dois, e ocorreu depois de tomarem conhecimento que prepostos do ex-governador Confúcio Moura estariam manobrando a imprensa nos bastidores da campanha e, também, porque o então candidato Marcos Rocha, blindado por assesores não atendia telefonemas de Bagatolli, fato que o deixou irritado.

“De fato houve um desentendimento não só do Bagatolli mas também meu e do sargento Eyder quando comprovamos que prepostos de Confúcio Moura estavam orientando e blindando nosso candidato. Rompemos. Mas depois, conversamos e hoje está tudo bem”, resumiu.



O deputado eleito, a propósito de reconhecimento feito pelo jornalista Arimar de Sá sobre o trabalho do secretário geral da legenda João Cipriano, foi enfático: Cipriano foi um verdadeiro baluarte do nosso partido. Creio que parte do sucesso da nossa campanha deve ser creditada a ele. “Homem esforçado, partidário e merece nosso reconhecimento”.
Deputado eleito Chrisóstomo diz que Confúcio não vai “apitar” nada no Governo de Marcos Rocha Deputado eleito Chrisóstomo diz que Confúcio não vai “apitar” nada no Governo de Marcos Rocha Reviewed by Voz de Rondônia on outubro 31, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent