Header Ads

Em meio à crise e questionamentos sobre propostas, Marcos Rocha agora evita imprensa da Capital



Candidato do PSL ao Governo no 2º turno das eleições em Rondônia, o coronel Marcos Rocha parece não querer contato com a imprensa da Capital, com raras exceções. Desde o domingo do 1º turno, quando convocou coletiva, ele esteve reunido posteriormente apenas com profissionais da SIC TV. Nesta segunda-feira, entrevistas na Rede Amazônica e no Portal G1, agendadas há vários dias, foram desmarcadas de última hora, segundo anunciou a emissora no início da noite (foto). Ele teria 15 minutos ao vivo na emissora de maior audiência no Estado e ainda 15 minutos na internet, alegando agenda no Sul rondoniense.


O RONDONIAGORA também enfrenta dificuldades de acesso ao candidato. Desde a segunda-feira, 8 de outubro, sucessivos pedidos de entrevista foram solicitados, até mesmo com coordenadores, mas o retorno somente aconteceu uma semana depois e com negativa. De acordo com a assessoria ele vai apenas participar de debates no final de semana.


A negativa de entrevista de Marcos Rocha acontece no mesmo período em que ele é questionado pelo opositor, Expedito Júnior (PSDB) de não apresentar propostas para governar Rondônia e ainda, em meio à crise em seu próprio partido, que o acusou de fazer acordos com grupos do MDB.
Em meio à crise e questionamentos sobre propostas, Marcos Rocha agora evita imprensa da Capital Em meio à crise e questionamentos sobre propostas, Marcos Rocha agora evita imprensa da Capital Reviewed by Voz de Rondônia on outubro 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent