Header Ads

Senador eleito agradece votação, afirma que Expedito representa a mudança e diz que Coronel está “conectado” com MDB



O deputado federal Marcos Rogério (DEM), eleito senador na eleição do dia 7 de outubro com 324.939 votos, visitou a redação do Extra de Rondônia na manhã desta quarta-feira, 24, em Vilhena.

Acompanhado de lideranças politicas locais, ele agradeceu os eleitores da região do Cone Sul e garantiu que dará continuidade ao trabalho que vem fazendo através de investimentos em vários setores públicos.

“Serei um senador dedicado ao Cone Sul, vou abraçar a região pessoalmente e com as minhas ações. O Cone Sul vai sentir orgulho do senador Marcos Rogério, não vai se sentir órfão. Terá um parceiro de primeira hora”, disse,

PESQUISAS ERRADAS
Marcos Rogério disse que não tinha expectativa de obter a maior votação e criticou as pesquisas feitas no Brasil e, principalmente, em Rondônia, já que os números apresentados pelos institutos na bateram com os resultados nas urnas.

“As pesquisas ultimamente tem cumprido um papel muito desagradável, ou estão manipuladas. Erraram tudo, na acertaram nada no Brasil e, principalmente, em Rondônia. Nas pesquisas nunca apareci bem. Sempre me colocavam em quarto, quinto lugar. O candidato ao governo que ficou em segundo lugar, nunca apareceu nas pesquisas para o segundo turno. Os institutos terão que repensar nas metodologias, ou estão trabalhando numa perspectiva de manipulação. É lamentável”, questionou.

ELEIÇÃO AO SENADO
O senador eleito disse que um dos fatores que ajudou e deu notoriedade na sua eleição foi a relatoria que cassou o deputado federal Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados.

“Primeiro, tive um convite por Expedito para ser candidato ao senador nesse momento. Segundo: minha trajetória na Câmara dos Deputados, tendo o enfrentamento à corrupção e ao debate legislativo, a imagem que o eleitor tem de Marcos Rogério é o rondoniense enfrentando o ex-deputado Eduardo Cunha (ex-presidente da Câmara dos Deputados). Isso me fez conhecido, ser alguém que as pessoas respeitam. Esse foi o ponto fundamental e, terceiro, a campanha em sim. Enquanto muitos estavam envolvidos na corrupção, eu sempre estive no enfrentamento à política podre”, comenta.

SEGUNDO TURNO
Com relação à eleição do segundo turno que ocorrerá neste domingo, 28, Marcos Rogério alerta ao eleitor para que as propostas sejam analisadas e não se deixem persuadir apenas por “uma onda”, um número, e que conheçam a ligação do candidato com a equipe que lhe dá sustentação.

“O eleitor do Expedito continua defendo ele pelos projetos, as ideias, pela experiência, pelo grupo político. Mas o outro candidato é parte de uma onda, a do 17, o que não acontece só em Rondônia, mas como no Brasil. Como aconteceu na época do Lula, era a onda do PT. As pessoas têm a impressão de que o 17, de Bolsonaro, vai governar o país e também Rondônia. Mas eu sempre digo o seguinte: número não governa, não resolve os problemas da saúde, a educação”, avaliou.




PERFIL DO CORONEL ROCHA
Marcos Rogério também fez uma análise do perfil do candidato do PSL e sua ligação com a equipe do ex-governador Confúcio Moura.

“Eu respeito o Coronel Marcos Rocha. Nas duas últimas eleições apoiei e estive ao lado do ex-governador Confúcio Moura, e colaborei com o governo, e lá estava também o Marcos Rocha, fazendo parte do governo e dessa equipe. Hoje embora esteja no PSL, a estrutura e projeto político dele, está conectado com o MDB, isso é fato”, observou.

EXPEDITO PREPARADO
Com relação a Expedito Júnior, o senador eleito disse que ele(Expedito) é uma pessoa preparada, experiente, tem um plano de governo bem elaborado e tem uma característica especial: ele faz política ouvindo as pessoas. “Expedito se conecta, consegue enxergar as pessoas. Faz isso em reuniões com servidores públicos e outras pessoas mais humildes, dialogando e ouvindo. Ou seja, quem ouve mais, acerta mais. O eleitor pede mudança, e quem representa a mudança é o Expedito Júnior”, frisou.

RESPEITO POR RONDÔNIA
Marcos Rogério também comentou a respeito dos seus principais desafios no Senado Federal, sendo o primeiro melhorar a imagem de Rondônia no cenário nacional.

“Falando o português mais certo: Rondônia tem que sair das páginas policiais. Temos que parar de estar nas manchetes por casos de corrupção. Toda vez o Estado está associado a um fato negativo. Quero levar a imagem da terra fértil, da pecuária forte. Não dá para aceitar mais que o agricultor, madeireiro, pecuarista serem tratados como bandidos. Quero respeito ao setor produtivo de Rondônia. Serei um senador dedicado ao Cone Sul, vou abraçar a região pessoalmente e com as minhas ações. O Cone Sul vai sentir orgulho do senador Marcos Rogério, não vai se sentir órfão. Terá um parceiro de primeira hora”, finalizou.



Texto: Extra de Rondônia
Senador eleito agradece votação, afirma que Expedito representa a mudança e diz que Coronel está “conectado” com MDB Senador eleito agradece votação, afirma que Expedito representa a mudança e diz que Coronel está “conectado” com MDB Reviewed by Voz de Rondônia on outubro 24, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent