Header Ads

‘Não aceitamos jogar nenhum jogo’, afirma presidente do Boca Juniors



Após o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, informar que a segunda partida da final da Libertadores da América será disputada em campo neutro nos dias 8 ou 9 de dezembro, o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, declarou que o clube não entrará em campo para enfrentar o River Plate.

“Não aceitamos jogar nenhum jogo”, afirmou o dirigente, que completou: “temos elementos para desqualificar o River”, referindo-se ao pedido feito ao comitê disciplinar da Conmebol para que o adversário seja punido com a perda dos pontos da segunda partida da final da competição continental de clubes, o que daria o título ao clube xeneize.

Se o comitê sul-americano não acatar o pedido feito pelo Boca Juniors, Angelici prometeu ir até as últimas consequências, levando o caso a Corte Arbitral do Esporte, na Suíça, entidade máxima da justiça desportiva. “Esgotaremos todos os canais administrativos da Conmebol. Se tivermos que ir ao CAS, iremos ao CAS”, finalizou.

por jp
‘Não aceitamos jogar nenhum jogo’, afirma presidente do Boca Juniors ‘Não aceitamos jogar nenhum jogo’, afirma presidente do Boca Juniors Reviewed by Edivaldo Fogaça on novembro 27, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent