Header Ads

Prisão de Pezão tem fogos, cartazes, bolo e buzinaço no Rio



A prisão do governador Luiz Fernando Pezão provocou manifestações de apoio à operação pelas ruas do Rio nesta quinta-feira (29).


Muitos motoristas que passaram pela porta do Palácio Guanabara, sede do executivo estadual, buzinavam desde as primeiras horas da manhã. Muitos motoristas que passam pela Rua Pinheiro Machado, onde fica a sede do governo, reduzem a velocidade e disparam a buzina.


Na porta da Polícia Federal, para onde o governador e outros presos foram inicialmente levados, um homem vestido de Batman e outro com a camisa do Brasil exibiam cartazes contra Pezão.


Na Assembleia Legislativa (Alerj), manifestantes soltaram fogos, e o Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe) convocou apoiadores para uma festa com direito a bolo, que não havia chegado até as 14h40.


Os manifestantes vão cortar 60 pedaços e distribuir para quem estiver passando pelo local para celebrar a prisão do governador, chamado pelos manifestantes de genocida, por ter desviado dinheiro que poderia ter sido aplicado na saúde, por exemplo.


O servidor público Ramon Carrera, um dos organizadores do protesto na Alerj disse que a prisão do governador mostra que os servidores estavam certos em suas manifestações.


“Quando o Rio tem ex-governador e governador presos, ex-presidente da Alerj presos, ex- procurador do estado preso, deputados presos, tudo isso prova que tem algo muito errado na administração do estado. Há uma quadrilha enraizada no governo, que concedia isenções fiscais, cometeu fraudes nas obras do Maracanã, deixou servidor pedindo doação de cesta básica, tudo isso foi denunciado. Agora está explicado para onde escoava o dinheiro, para o bolso dos corruptos”, disse Carrera.
Prisão de Pezão tem fogos, cartazes, bolo e buzinaço no Rio Prisão de Pezão tem fogos, cartazes, bolo e buzinaço no Rio Reviewed by Voz de Rondônia on novembro 29, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent